José Medeiros de Lacerda

Leia poesia - A poesia é o remédio da alma

Textos
Acrósticos (2) Cordel (274) Crônicas (1)
Ensaios (16) Pensamentos (3) Poesias (112)
Sonetos (11) Tutoriais (1)
Título Categoria Data Leituras
INGRATIDÃO Sonetos 11/02/12 52
HOLOCAUSTO Sonetos 11/02/12 30
AS PERGINTAS IDIOTAS E AS RESPOSTAS DE SEU LUNGA - PARTE 2 Cordel 11/02/12 232
AS PERGUNTAS IDIOTAS E AS RESPOSTAS DE SEU LUNGA - PARTE 1 Cordel 11/02/12 2549
VOCÊ É Poesias › Amizade 11/02/12 93
TEMPESTADE Poesias › Bucólicas 11/02/12 45
OS DEZ MANDAMENTOS DO PREGUIÇOSO Cordel 11/02/12 312
O SÍTIO DO BANGALÔ DE SEVERINO DE LÊNDIA Cordel 11/02/12 61
O SEGREDO DO CAVALO VENTANIA Cordel 11/02/12 249
O PRIMEIRO AVIÃO QUE POUSOU NO SABUGI Cordel 11/02/12 56
O GALEGUIM DOS ZÓI AZUL Cordel 11/02/12 86
O DIA QUE O MUNDO ACABOU NAS TERRAS DO MARANHÃO Cordel 11/02/12 39
O BARÃO ORGULHOSO E A VITÓRIA DA HUMILDADE Cordel 11/02/12 28
NORDESTINÊS - OS FALARES DO POVO NORDESTINO Cordel 11/02/12 1385
O PRESIDENTE LULA E O SACO DO FOME ZERO Cordel 11/02/12 46
LINGUA DE AÇO Cordel 11/02/12 132
FILHO QUE NÃO OUVE O PAI Cordel 11/02/12 49
DOIS DESTINOS Cordel 11/02/12 20
FOI UM ANJO Poesias › Amizade 11/02/12 33
É O AMOR Poesias › Amor 11/02/12 31
Página 7 de 21 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » «anterior próxima»
Site do Escritor criado por Recanto das Letras