José Medeiros de Lacerda

Leia poesia - A poesia é o remédio da alma

Textos

O QUE É O QUE É - VOL. 5
ADIVINHAÇÕES - VOL. V

Mais uma série de perguntas
Eu trago para o papel
Com trinta adivinhações,
Na cultura eu sou fiel;
Isso é cordel perguntado
Isso é responder cordel.


           PERGUNTAS

1 - Sobe em forma de espiral
Vai até o infinito
Se confunde com as nuvens
Cria formato bonito
Se não é nuvem, decifre
Este enigma esquisito!

2 - O que é que chama os vivos
E saúda a quem falece
Fala grosso, fala fino,
Seu barulho se conhece
É ouvido bem distante,
Mora alto e nunca desce?

3 - Outra pergunta te faço
Quero a resposta com jeito,
O que é que nasceu torto
Mas torto não é defeito
Usado por quem tem sorte
Mata ligeiro e direito?

4 -Consagrado em todo mundo
Como na Índia é a vaca,
Na primeira refeição
É o que mais se destaca;
O que é que nasce a soco
E sempre morre na faca?

5 - Palavra paroxítona
Com três sílabas: EVENTO.
Quero que você me diga
Após pensar um momento
Uma palavra de seis letras
Com quarenta e dois acentos.

6 - Chuva de mais é tormenta
Falta de chuva é flagelo
Mulher é sempre vaidosa
Gosta de tudo que é belo.
O que é que no ar é branco
E no chão é amarelo?

7 - O tema desta pergunta
É o matar ou morrer:
Não me queira possuir,
Não me permita crescer.
Se você não me matar
Eu é que mato você.

8 - Quero que você responda
O que eu vou te perguntar:
O que é que com capa anda
Sem capa não pode andar
Pra andar bota´se a capa
Tira-se a capa pra andar?

9 - O crente sempre acredita
Que conquista a vida eterna.
Peço ao leitor que responda
Esta pergunta moderna:
O que fala e não tem boca
E anda mas não tem perna?

10 - Pé na cabeça é piolho
Dente na cabeça é pente;
A pergunta que eu faço
Tem cabeça e não é gente
Não é pente nem piolho
Não tem boca mais tem dente?

11 - Me responda esse fenômeno
Que alguns marinheiros viram:
Quatro pedras de um quilo
Num grande lago cairam
Só duas foram ao fundo
As outras duas subiram.

12 - A vida é feita de sorte
Ninguém foge ao seu destino;
A pergunta que eu te faço
Responda se tiver tino:
Quero que me diga o nome
Do maior rio nordestino.

13 - Quero que você responda
Esta pergunta de fato:
Palácio com doze damas
Cada uma tem seu quarto
Todas elas usam meias
Mas nenhuma usa sapato.

14 - Quando faço uma pergunta
Toda idéia me passa
Por isso quero fazer
Uma pergunta sem graça:
O que é que tem a c abeça
Que pra o corpo é uma desgraça?

15 - Pra quem é inteligente
Responde certo e não erra
Toda minha habilidade
Nesta pergunta se encerra:
O que é que bate no céu
Porém não bate na terra?

16 - Cuidado nesta pergunta
Que pode te chamuscar:
Pra subir é na carreira
Porém desce devagar
Pula cerca de arame
No limpo não sabe andar.

17 - Pra fazer uma pergunta
Primeiro traço meu plano:
Veste capa sobre capa
E tudo do mesmo plano
Se não adivinha agora
Adivinhas para o ano.

18 - Quem não pode se sacode
Quem desdenha quer comprar.
O que é que quando vem
Está de barriga pra lá
Porém quando vai embora
Está com a barriga pra cá?

19 -Com ela se fala muito
Mas há quem não fale nada
Entre tábuas e tabuletas
Ela vive bem fechada
Faça chuva ou faça sol
Porém está sempre molhada.

20 - Vou fazer outra pergunta
Essa vem cheia de manha:
Se um pato boto um ovo
No cume de uma montanha
Para que lado ele cai?
Me decifre essa façanha!

21 - Todo atleta é desportista
Florista gosta de flores
A jabulani africana
Não gosta de jogadores
Responda qual é o esporte
Preferido dos cantores?

22 - A história do Brasil
Mostra a invasão do francês
Nossa língua portuguesa
Sofre a invasão do inglês.
O que disse a Matemática
Ao livro de Português?

23 - Esperto é espivitado
Tímido é mosca morte
São expressões nordestinas
Mas a pergunta é o que importa:
O que corre a casa inteira
E se esconde atrás da porta?

24 - Responda esta pergunta
Que eu faço pra você:
São duas irmãs  no nome
Desiguais no proceder
Uma serve pra trabalhar
A outra para comer.

25 - Produz as mais belas flores
O amor nela acredita
A parente verdadeira
Tão querida, tão bonita,
Vem e vai a vida inteira
Mas só nos faz uma visita.

26 - O Sol é seu inimigo
Por não poder lhe esquentar
Tem doze horas, não é dia
Para o artista inspirar
Oferece boemía,
Sereno, orvalho e luar.

27 -O que é certo para o esperto
Para o bobo é zum zum zum,
Você que é esperto responda
Esta adivinha comum:
O que é que bobo tem dois
E o esperto só tem um?

28 - Esta aqui não é xerox
Mas pode ser documento
Sendo fiel minha imagem
Algo sempre represento
Num rosto ou numa mensagem,
Marco pra sempre um momento.

29 - Esta adivinha é frequente
Em cantoria ou seresta:
Suas costas no meu peito
Minha mão na sua testa,
Em cima do seu buraco
É que faço minha festa.

30 - Família de sete filhos
Cinco irmãs e dois irmãos
Não sei se foi por descuido
Ou por descriminação
Pois elas têm sobrenome
Mas os dois irmãos não.

RESPOSTAS

Já fiz todas as perguntas
Acho que chegou a hora
Você sabe das respostas
Mas algumas ignora
Para acabar o suspense
Eu vou responder agora.

1 - Essa resposta é bem fácil
Por difícil que se faça,
O que vai até as nuvens
E até por nuvem se passa
Mas não é nuvem de fato,
A resposta é A FUMAÇA.

2 - Convida pra oração
Seu tom tem cunho divino
Usado em celebrações
A igreja é seu destino
É de bronze, tem badalo,
E marca hora, é O SINO.

3 - Torto é o seu sistema
Pois assim foi projetado
Com a ponta bem afiada
Não serve desentortado
A resposta é O ANZOL
Que traz o peixe fisgado.

4 - Na mesa do brasileiro
Há sempre arroz e feijão
Seu cardápio variado
Depende da região
Comida que nasce a soco
E morre na faca, É PÃO.

5 - Com quarenta e dois acentos
São os tradicionais
Mas tem com quarenta e quetro
Com cinquenta e até mais,
É ÔNIBUS, o pioneiro
Das estradas nacionais.

6 - Objeto não usado
Tomando espaço é estorvo
Pra animar cavalo velho
O remédio é capim novo,
O que é branco no ar
E no chão amarelo, É OVO.

7 - Não há crime na resposta
Mas há o que nos consome,
Do tema desta pergunta
Não se gosta nem do nome
O que temos de matar
Pra não morrer é A FOME.

8 - Este não anda mais roda,
Gira em qualquer direção
Parado não fica em pé
Sua capa é um cordão
Na terra faz um buraco,
A resposta é O PIÃO.

9 - O correio foi criado
Para comunicação
A palavra no papel
Tem a voz do coração
A CARTA é a resposta
Desta adivinhação.

10 - Coloca-se sobre a mesa
Corta e não come, é baralho.
A resposta da pergunta
Também rima com bugalho
Quem não tem boca e tem dente
É uma cabeça de ALHO.

11 - Pra responder a pergunta
Não precisa pesadelo
Qualquer corpo afunda nágua
Ninguém consegue detê-lo
Mas duas pedras subiram
Pois eram blocos de gelo.

12 - Nosso Rio São Francisco
Grande via de transporte
Vem lá das Minas Gerais
E é rio de grande porte
Mas o maior do Nordeste
É o RIO GRANDE DO NORTE.

13 - De bolso, pulso ou de pilha
Numa parede pendente
Doze damas são as horas
Todas simetricamente
A resposta é O RELÓGIO
Que marca as horas pra gente.

14 - Tem uma grande utilidade
Na casa em qualquer sentido
É o FÓSFORO, com uma ponta
Em pólvora todo envolvido
Se alguém lhe queima a cabeça
O resto fica perdido.

15 - Quando as vizinhas se juntam
Fofoca não faltará
Bate com ela nos dentes
Quem um segredo contar
Essa resposta é a LÍNGUA
Que vive a tagarelar.

16 - Pular cerca lembra trama
Campo limpo lembra jogo
A resposta da pergunta
Vou te dizer sem arrogo:
Quem sobe cobrindo tudo
E desce mais lento É FOGO.

17 - Juriti arrulha triste
Como é triste a pomba-rola,
A aromática resposta
Dessa perguntinha tola
Quem tem capa sobre capa
Do mesmo pano é CEBOLA.

18 - Jogador ganha dinheiro
Mas não ganha a vida eterna
Panturrilha é a resposta
Desta pergunta moderna:
Quem tem barriga pra trás
É A BATATA DA PERNA.

19 - Quem persegue a vida alheia
Muito fala e pouco sente
As tábuas e tabuletas
Da pergunta são os dentes,
Quem está sempre molhada
É a LINGUA novamente.

20 - Quando a pergunta tem manha
Com muita manha eu resolvo
Ovo em cima da montanha
Trono a responder de novo:
NÃO CAI PRA LUGAR NENHUM
QUE PATO NÃO BOTA OVO.

21 - Pra pergunta desportista
Respondê-la eu me arrisco
Jabulani, traiçoeira,
Deixa o jogador arisco
O esporte dos cantores
É LANÇAMENTO DE DISCO.

22 - Nesta pergunta didática
A resposta é outro tema
A Matemática disse
Ao Português com dilema:
NÃO VENHA COM HISTORINHA
QUE ESTOU CHEIA DE PROBLEMA.

23 - Toda roupagem de santa
Recebe o nome de manto
Este transporte de bruxa
Não tem nada a ver com santo,
A resposta é a VASSOURA
Que varre por todo canto.

24 - Em toda serralheria
Ela está sempre presente
Como é boa vitamina
Pra quem de força é carente.
LIMA, ferramenta e fruta,
Que dá bom fruto pra gente.

25 - Esta prima colorida
Que nos transmite quimera
Embeleza todo o campo
Pontualmente e sincera
É uma estação do ano,
A florida PRIMAVERA.

26 - Se o Sol não lhe aquece,
Tem doze horas não é dia
Tem sereno e tem orvalho
Oferece boemía
E é reinada pela lua
Claro que é a NOITE fria.

27 - Bobo e esperto não é o caso
Nesse atarantado nó
O que o bobo tem em dobro
E o esperto tem um só
Nada tem com inteligência,
É apenas a LETRA O.

28 -Se usa nos documentos
Nos momentos de alegria
Também registra a tristeza
De um fatídico dia
Quem nos lembra tudo isto
É UMA FOTOGRAFIA.

29 - Esta é a preferida
Do repentista pachola
Uns carregam a tiracolo
Outros dentro da sacola,
É BANDOLIM, CAVAQUINHO,
VIOLÃO, BANJO E VIOLA.

30 - Esta adivinha que tem
Pouco mano e muita mana
Eles não têm sobrenome
Pois a formação se inflama.
É SEGUNDA A SEXTA-FEIRA
SÁBADO E DOMINGO, A SEMANA.
Zé Lacerda
Enviado por Zé Lacerda em 11/02/2012
Alterado em 16/02/2017
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras