José Medeiros de Lacerda

Leia poesia - A poesia é o remédio da alma

Textos
Acrósticos (2) Cordel (196) Ensaios (16)
Pensamentos (3) Poesias (112) Sonetos (11)
Tutoriais (1)
Título Categoria Data Leituras
AS LINHAS DO SEU DESTINO Cordel 31/01/11 109
AS PERGINTAS IDIOTAS E AS RESPOSTAS DE SEU LUNGA - PARTE 2 Cordel 11/02/12 186
AS PERGUNTAS IDIOTAS E AS RESPOSTAS DE SEU LUNGA - PARTE 1 Cordel 11/02/12 2209
AS PERGUNTAS IDIOTAS E AS RESPOSTAS DE SEU LUNGA PARTE 3 Cordel 06/12/16 298
AS PERGUNTAS IDIOTAS E AS RESPOSTAS DE SEU LUNGA PARTE 4 Cordel 14/12/16 114
AS PROFECIAS DO ANO NOVO Cordel 31/01/11 57
ASTROLOGIA EM CORDEL Cordel 31/01/11 242
ATESTADO DE ÓBITO DE UM AMOR QUE NÃO MORREU (Escrito em maio de 1983) Poesias > Amor 04/07/08 30
ATESTADO DE ÓBITO DE UM AMOR QUE NÃO MORREU Poesias > Desilusão 18/06/09 84
ATIVIDADES DO PROFESSOR LACERDA NAS ARTES CÊNICAS Ensaios 20/07/08 749
AVENTURA PEDAGÓGICA NO CENTRO DE TREINAMENTO Cordel 19/12/09 22
BARÃO DO SOLIMÕES, NOVENTA ANOS EDUCANDO Cordel 12/07/15 36
BEDUINO Poesias > Amor 04/07/08 15
BEDUINO Poesias > Solidão 18/06/09 23
BISCOITÃO 76 Cordel 12/05/09 64
BISCOITÃO UMA LENDA PARAIBANA Cordel 12/07/15 81
BOTÕES DE ROSAS Poesias > Família 17/08/08 883
BRAZ MACACÃO - O POETA APAIXONADO Cordel 21/12/09 43
BUSCA VÃ Sonetos 05/07/08 11
BUSCA VÃ Sonetos 18/06/09 15
Página 4 de 18 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras