José Medeiros de Lacerda

Leia poesia - A poesia é o remédio da alma

Textos
Acrósticos (2) Cordel (196) Ensaios (16)
Pensamentos (3) Poesias (112) Sonetos (11)
Tutoriais (1)
Título Categoria Data Leituras
CANUDOS RELIGIÃO OU FANATISMO Cordel 12/07/15 11
O MASSACRE DE CORUMBIARA Cordel 12/07/15 43
SIMPATIAS POPULARES EM FOLHETOS DE CORDEL Cordel 12/07/15 69
O MASSACRE DE ELDORADO DOS CARAJÁS Cordel 12/07/15 292
SANTA DICA DE LAGOLÂNDIA Cordel 12/07/15 147
MORTE DE LUCAS DA FEIRA Cordel 12/07/15 53
CEILÂNDIA Cordel 12/07/15 22
A FILHA DO CORONEL E O FERREIRO APAIXONADO Cordel 04/07/14 290
O NORDESTE BRASILEIRO Cordel 01/07/14 139
HABEAS PINHO Cordel 08/12/13 58
A SAGA DE UM BROCOIÓ NA PRAIA DE CAMBOINHA Cordel 17/02/12 151
A LEI MARIA DA PENHA Cordel 17/02/12 154
POÉTICA DO CORPO HUMANO Cordel 12/02/12 193
CORAÇÃO PARTIDO Cordel 12/02/12 317
DOTOR CAGANEIRA Cordel 12/02/12 131
A ORQUESTRA FLATORMÕNICA DA VILA DE CARITÓ Cordel 12/02/12 45
A MULHER QUE DEIXOU O MARIDO POR UM VIRA LATA Cordel 12/02/12 115
A CONFERÊNCIA DOS BICHOS Cordel 12/02/12 113
VIOLA, VERSO E CULTURA, OFICIOS DA PROFISSÃO Cordel 11/02/12 65
UM PEIDO NA MARESIA Cordel 11/02/12 127
Página 2 de 18 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras